top of page

Branqueamentos dentários: tipos de tratamento

Atualizado: 21 de fev.

De certeza que já ouviu falar de branqueamentos dentários. Mas sabe quantos tipos existem? Fique a saber tudo neste artigo.


 

O desejo de um Sorriso perfeito é algo que não nos abandona. Não é? E, por isso mesmo, muitas pessoas acabam por procurar soluções como o branqueamento dentário. Um procedimento sem qualquer risco para o Paciente, quando realizado num ambiente controlado e junto de profissionais experientes. É muitas vezes resposta para aumentar a estética do Sorriso e, em consequência, a nossa auto-estima. Neste artigo, explicamos as diferenças entre três tipos de branqueamentos dentários.


1) Branqueamento dentário externo em Clínica

Este tipo de branqueamento consiste na aplicação de um gel sobre os dentes. Este gel será aplicado em maior quantidade do que aquela que é utilizada nos tratamentos realizados em casa. É normalmente recomendado que se opte por este tipo de branqueamento quando se procuram resultados mais imediatos. E que, claro, não tenham problemas de Saúde Oral por resolver. Os dentistas costumam ainda recomendar este método a Pacientes que tenham um reflexo de vómito muito acentuado.


Normalmente, o gel branqueador terá de permanecer em boca de entre 30 a 60 minutos. E, quando o retirar, os resultados serão logo visíveis. Esta é a grande vantagem deste tipo de branqueamento. Mas, tal como tudo, também poderá ter as suas desvantagens. Por ser uma aplicação tão imediata, os resultados a longo prazo são inferiores quando comparados com o tratamento em ambulatório. Que, por ser aplicado de forma mais gradual, os efeitos também desaparecem mais gradualmente.


2) Branqueamento dentário externo em casa

Também conhecido pelo termo “branqueamento em ambulatório”, esta é a forma mais utilizada para aplicar o gel branqueador sobre os dentes. Assim, são entregues duas goteiras feitas à medida do Paciente. Bem como o gel branqueador. E somos nós que aplicamos o produto em casa. Tendencialmente, é pedido ao Paciente que aplique o gel nas goteiras. As coloque em boca. E que durma com elas. De forma autónoma. E qualquer pessoa o pode realizar, desde que reúna duas condições: uma boa Saúde Oral e não tenha restaurações em boca. Normalmente, estas goteiras devem ser utilizadas entre cerca de 2 a 3 semanas. E, mais ou menos ao fim de 15 dias, começará a sentir os resultados.


Mas claro, também este tratamento tem as suas vantagens e desvantagens. Sendo a maior desvantagem o tempo que demora até que os resultados se notem. De qualquer forma, este é um branqueamento eficaz e que é, muitas vezes, recomendado pelos dentistas.


3) Branqueamento interno em Clínica

Este branqueamento é, dos três, o mais específico. É realizado sobre dentes que já foram desvitalizados. E que, por isso, têm tendência a escurecer. Desta forma, é recomendado para Pacientes que já foram submetidos a um tratamento endodôntico. Ficando com um ou mais dentes escuros.


Ao contrário dos outros tipos de branqueamentos dentários, este é aplicado de forma unitária. Em pequenos tratamentos. E o efeito acontece de dentro para fora. Basicamente, consiste em colocar um bocadinho do gel de branqueamento diretamente na câmara pulpar do dente. Em termos de duração, o gel deverá atuar entre dois a três dias. E o processo poderá ser repetido cerca de três vezes. Este tipo de tratamento só pode ser aplicado diretamente em dentes desvitalizados. Mas os resultados são duradouros e eficazes.


É possível corrigir a cor dos seus dentes em segurança!

Apesar de todas as mezinhas caseiras e teorias que possamos encontrar na Internet, a forma mais segura de branquear os nossos dentes é com a ajuda de um dentista. Branqueamentos dentários são sempre tratamentos eficazes. Mas, tal como os outros tratamentos de estética, é preciso que haja uma gestão de expectativas do Paciente.


Porque o resultado depende de fatores como o tipo de dente, a alimentação que temos no nosso dia-a-dia, a nossa idade… e sobretudo, dos hábitos de higiene oral que adotamos. Ainda assim, uma coisa é certa: teremos sempre os dentes mais brancos do que quando iniciámos o nosso branqueamento dentário.


 

Sabia que...? 

Algumas pessoas utilizam bicarbonato de sódio para branquear os dentes. Mas não é aconselhável que o faça. Pois a forma como a substância atua acaba por desgastar o dente.

 


Por isso, já sabe: se deseja saber qual o melhor tipo de branqueamento para o seu caso. Visite o Instituto Just-Smile de Implantologia Avançada e aconselhe-se junto de profissionais experientes. E vocacionados para tratamentos de Estética Dentária. Marque já a sua consulta de avaliação, sem qualquer compromisso. 

Kommentare


bottom of page