top of page

Bruxismo: um dos maiores responsáveis pela destruição dentária

Atualizado: 21 de fev.

Entenda o problema, as suas causas e o seu tratamento.


Bruxismo

 

Estima-se que pelo menos 100 mil portugueses são afetados por algum tipo de problema associado ao bruxismo. A nível mundial, os estudos desenvolvidos indicam que cerca de 20% da população é afetada por este problema. E com a pandemia da COVID-19, os especialistas acreditam que estes números tenham aumentado significativamente. Tudo porque o bruxismo está fortemente relacionado com o aumento dos níveis de stress. Conhece este problema?


O que é o bruxismo?

Se conhece o hábito de ranger ou apertar os dentes, já está familiarizado com o bruxismo.


O bruxismo é um comportamento involuntário que pode surgir, essencialmente, sob duas formas: o bruxismo diurno, em que o problema se manifesta durante o dia, e o bruxismo noturno, que ocorre enquanto dormimos.


Para quem sofre de qualquer um dos casos, o mais importante será sempre diagnosticar corretamente o problema, compreender as suas causas e procurar tratamento. Isto porque, nos casos mais graves, e se não for tratado, o bruxismo pode mesmo levar à destruição total da dentição.


Dr. André Furtado vocacionado para tratar casos de bruxismo
 
É cada vez maior o número de Pacientes com problemas associados direta ou indiretamente ao bruxismo. Sendo a sua causa principal o stress, cada vez mais a doença do século XXI, é muito importante o seu reconhecimento precoce de modo a contornar os seus efeitos nefastos.

- Dr. André Furtado, Equipa de Reabilitação Estética do Instituto Just-Smile


Quais são as causas do bruxismo?

Uma das maiores causas apontadas para o hábito de ranger os dentes são os níveis de ansiedade e stress. Algo que, infelizmente, aumentou desde a pandemia da COVID-19 e com o contexto atual que vivemos. No entanto, não se pode falar numa causa única para este problema. Independentemente do período do dia em que este distúrbio se manifeste.


A má oclusão, alguns alimentos mais estimulantes, o hábito de mascar pastilhas, o álcool, o tabaco, a cafeína e até alguns medicamentos, podem estar na origem de um caso de bruxismo. Podendo este problema ser provocado ainda por distúrbios do sono, como as insónias e a apneia do sono.


Bruxismo

Quais são os principais sintomas do bruxismo?

O bruxismo pode ser um problema silencioso. Nos casos em que se manifesta durante a noite, muitos Pacientes não sabem que sofrem deste distúrbio. No entanto, com o passar do tempo, existem alguns sinais que podem tornar-se perceptíveis e ajudar a diagnosticar o problema.


Um dos principais sinais revela-se ao nível da forma e aspeto dos dentes. A dentição pode começar a ficar lascada, ficando com um aspeto mais diminuído. Com as perdas significativas de esmalte podem ocorrer fenómenos de sensibilidade dentária. Mas nem sempre se pode contar com este sinal para desmascarar o problema.


Como o bruxismo surge de forma gradual, o organismo humano vai-se adaptando ao problema, mascarando algum do desconforto que se possa sentir. Acabando por tornar as pessoas menos conscientes para sinais como a sensibilidade dentária.

Contudo, existem outros sintomas associados ao bruxismo. Ao nível muscular, acordar com rigidez dos músculos da face, cabeça e pescoço, dor facial, e dor a nível da articulação que liga os maxilares ao crânio podem também ser sinais deste problema. Sintomas como dores de cabeça na zona temporal podem também indicar excesso de atividade muscular.


Quais são as consequências do bruxismo?

O bruxismo afeta toda a parte músculo-esquelética da cabeça. Durante as crises, os músculos são excessivamente estimulados, conduzindo à fadiga e ao cansaço muscular.

Em simultâneo, existe ainda um desgaste contínuo da articulação temporomandibular.

Por fim, sendo talvez esta a consequência mais visível, a dentição fica também muito fragilizada, podendo ocorrer danos extensos. O que, em casos extremos, pode significar a destruição de todas as coroas dentárias.


Existe tratamento ou solução para o bruxismo?

O bruxismo pode ser atenuado. Existindo mesmo formas de prevenir as consequências que surgem deste problema. Quanto mais precoce for o diagnóstico, menores serão os efeitos sentidos.

Dr. André Furtado vocacionado para tratar casos de bruxismo

Para prevenir a destruição dos dentes dos Pacientes, uma das primeiras soluções que

serão recomendadas pelo Médico Dentista será a utilização de uma goteira durante o sono. Se for colocada todos os dias antes de dormir, esta goteira irá proteger a superfície dos dentes, evitando o desgaste resultante do bruxismo noturno. A goteira irá ainda ajudar a manter os músculos faciais mais relaxados durante a noite, evitando a fadiga e o desconforto muscular.


Depois das peças dentárias serem salvaguardadas, o Paciente terá de intervir sobre a causa. Usar técnicas de relaxamento, fisioterapia ou aplicar calor húmido sobre a face, pode ajudar a atenuar o problema. Em alguns casos, a solução poderá passar pela aplicação de botox nos músculos mastigatórios.


No caso de existir uma má oclusão na origem do bruxismo, também poderá ser necessário corrigir a mordida do Paciente com um aparelho dentário específico.


É possível reverter as consequências do bruxismo?

Sim. Para os danos dentários, seja com recurso a restaurações, coroas, aparelhos dentários, facetas ou aos implantes dentários, existem soluções para devolver a harmonia ao Sorriso e recuperar em pleno a Saúde Oral. O mais importante é procurar aconselhamento junto de Médicos Dentistas experientes, que tratem o problema em toda a sua extensão.



Bruxismo


Se sofre de bruxismo e gostaria de resolver o problema ou necessita de recuperar dos danos causados por este problema, não deixe que a situação se arraste.


Marque uma consulta de avaliação sem qualquer compromisso no Instituto Just-Smile, localizado nas Torres de Lisboa. Terá à sua disposição uma equipa de Médicos Dentistas e Cirurgiões Orais com todos os meios e capacidades necessários para recuperar a Saúde, Função e Estética do seu Sorriso, em pleno.

Commenti


bottom of page