top of page

História da Implantologia: Nove momentos-chave!

Tem interesse em saber mais sobre a área clínica que permite que tenha dentes novos em 24H? E o que aconteceu até isso ser possível? Descubra neste artigo.


Implantologia

 

Sabia que os primeiros implantes dentários não eram de titânio? Ainda que a descoberta da biocompatibilidade do titânio só tenha acontecido em 1952, a verdade é que a preocupação com a substituição de dentes perdidos existe há milhares de anos… Fique a conhecer a história dos primeiros implantes dentários. E perceba o quanto a Implantologia evoluiu desde as primeiras incursões do passado.


Era Uma Vez. . . A Implantologia

Os primeiros implantes dentários osteointegrados remontam à década de 60. Vários anos depois da biocompatibilidade do titânio ser conhecida. Contudo, as primeiras civilizações já tinham as suas próprias versões de implantes dentários muito antes de ter sido feita esta descoberta:



História da Implantologia

2000 a.C. - Os registos mais antigos de implantes dentários remontam ao ano 2000 a.C. e foram descobertos na China. Nestas primeiras versões, eram esculpidas pequenas estruturas em bambu, que se fixavam na boca dos indivíduos desdentados para os ajudar com a mastigação;



História da Implantologia

1000 a.C. - Os egípcios foram os primeiros a usar metal na substituição de dentes perdidos. Um rei egípcio que viveu durante este período foi encontrado com um parafuso de cobre no crânio, fixo a um dos maxilares;



300 a.C. - Foi encontrada uma sepultura celta durante escavações arqueológicas em França. Lá dentro, encontrava-se um crânio com um dente de ferro. Contudo, os especialistas consideram que, neste caso, o dente poderá ter sido colocado após a morte do indivíduo de forma a melhorar o seu aspeto para as cerimónias fúnebres;




15 d.C. - A substituição de dentes perdidos com dentes de animais ou dentes de escravos era uma prática relativamente comum. Naturalmente, estes procedimentos resultavam muitas vezes em graves infeções. E que os implantes fossem rejeitados pelo organismo das pessoas;




635 d.C. - Arqueólogos encontraram, também, crânios com dentes substitutos feitos em jade e em concha com mais de 1350 anos. Em alguns casos, os dentes feitos a partir de conchas tinham até sido integrados eficazmente nos maxilares!;



A partir do séc. XVIII - Alguns cientistas começaram a fazer experiências com ouro e outras ligas metálicas. Este momento marcou os primeiros passos daquilo que viriam a ser os procedimentos de Implantologia que conhecemos hoje em dia;



1952 - A descoberta da biocompatibilidade do titânio pelo médico ortopedista Per-Ingvar Brånemark veio resolver um dos maiores problemas dos implantes dentários usados na altura: a rejeição dos materiais pelo organismo. O cientista descobriu que este metal pode fundir-se com o osso. Tudo graças a uma experiência realizada com coelhos;



1965 - Tendo em conta a quantidade de pessoas com problemas de Saúde Oral, Per-Ingvar Brånemark usou pela primeira vez implantes de titânio em tratamentos de substituição dentária. Iluminando o caminho para o desenvolvimento daquilo que viria a ser a Implantologia contemporânea.



1998 - A possibilidade de recuperar todos os dentes fixos num único dia surgiu apenas há 24 anos. Em 1998, registou-se a primeira aplicação de uma prótese fixa sobre implantes no próprio dia da cirurgia.



O caminho para a Implantologia Avançada



A história dos implantes dentários também teve os seus fracassos. E é normal olharmos para trás com algum horror em relação a algumas práticas ancestrais. Contudo, a evolução da Implantologia, em toda a sua extensão, foi o que nos permitiu chegar onde estamos atualmente: com a possibilidade de conseguirmos voltar a ter um Sorriso natural com dentes fixos. Mesmo que já tenhamos perdido a dentição original! E em menos de 24 horas, através dos protocolos de Carga Imediata. E sem dor ou desconforto.


Graças à investigação e à experiência, hoje em dia podemos contar com soluções que estão a anos-luz do que se fazia nem há 40 anos. E a evolução não ficará por aqui! Os procedimentos estão a caminhar para um futuro cada vez mais cómodo. E acessível a todos os Pacientes.

Comments


bottom of page