top of page

Prótese dentária removível, semi-fixa e fixa

Atualizado: 21 de fev.

Descubra a diferença entre os principais tipos de prótese dentária.


Prótese dentária fixa

 

Mais do que hipóteses alternativas, o implante dentário e a prótese são duas soluções que podem funcionar em conjunto. Graças a esta dupla, é possível devolver dentes fixos e qualidade de vida a Pacientes que, por circunstâncias que nem sempre estão sob o seu controlo, perderam parte ou a totalidade da sua dentição. No entanto, apesar de, atualmente, este tipo de solução de reabilitação oral ser o mais recomendado pelos Médicos Dentistas, não é o único tipo de tratamento de prótese dentária. Hoje, ainda são utilizados outros tipos de prótese, dependendo do caso clínico e das próprias expectativas e desejos dos Pacientes. Neste artigo, aprenda a distinguir os principais tipos de prótese dentária.



Que tipos de prótese dentária existem?

Hoje em dia, os tipos de prótese dentária podem dividir-se em três grandes grupos: as próteses removíveis, as semi-fixas e as próteses fixas.


Com características distintas, cada um destes três grupos oferece ainda um nível de conforto diferente aos Pacientes. E podem ser distinguidos com alguma facilidade.


O que são próteses removíveis?

As próteses removíveis são soluções de substituição dentária que podem ser colocadas em boca e removidas com facilidade pelos Pacientes em casa. São próteses que assentam diretamente sobre as gengivas e/ou palato (céu-da-boca). Nos casos das próteses removíveis parciais, estas próteses usam dentes adjacentes à região edêntula (zona sem dentes naturais) como pontos de estabilização.


De um modo muito simples, a próteses removíveis podem ser divididas em dois sub-tipos:


O primeiro é uma das soluções de reabilitação oral mais tradicionais. Falamos da prótese removível acrílica, habitualmente denominada de “placa” ou "dentadura" pelos seus utilizadores. Embora ainda sejam um tipo de prótese muito escolhido pelos Pacientes, por serem menos onerosas no curto prazo, a verdade é que também são o tipo de prótese que mais dificuldades de adaptação oferecem, de acordo com relatos dos próprios Pacientes: no caso das próteses removíveis superiores, estas assentam sobre o palato, dificultando a adaptação às mesmas pelo desconforto que provocam. Podendo mesmo estimular o reflexo de vómito, principalmente, nos primeiros meses de utilização.


O segundo subtipo são as próteses removíveis esqueléticas. Este tipo de prótese dentária destina-se aos casos de reabilitação parcial. Incluem pequenos ganchos, ou grampos, que se encaixam em dentes naturais adjacentes às regiões onde existe falta de dentes. Embora estes grampos ofereçam alguma estabilidade à prótese, não elimina as oscilações provocadas pela fala ou pela mastigação. Com estes movimentos, e com o passar do tempo, os grampos acabam por representar uma enorme desvantagem: estas peças irão começar a desgastar os dentes naturais nos quais estão encaixadas, levando a lesões extensas nesta dentição. E provocando a necessidade de extração destas peças dentárias.



Prótese dentária fixa

O que são próteses semi-fixas?

As próteses semi-fixas são uma solução intermédia entre as removíveis e as fixas. No fundo, são ainda próteses removíveis, mas oferecem um nível de estabilidade significativamente superior.


São também apelidadas de overdentures ou sobredentaduras e, normalmente, encaixam na cavidade oral sobre peças especiais que se chamam locators. Este tipo de prótese dentária é produzida com um sistema de fixação que permite prender e desprender a prótese, à semelhança de uma mola, sobre os implantes dentários. Em situações muito específicas, e com indicação do seu Médico Dentista ou Cirurgião Oral, as próteses dentárias semi-fixas poderão ser aplicadas sobre uma barra específica para este tipo de tratamentos: uma barra de Ackermann ou uma barra especial microfresada.



Prótese dentária fixa

O que é uma prótese dentária fixa?

As próteses fixas são as próteses que os Pacientes não conseguem remover em casa. Apenas podem soltar-se em gabinete médico, com recurso a instrumentos clínicos específicos. De um modo geral, podem ser classificadas em dois grupos:


Próteses fixas sobre dentes - quando são aplicadas diretamente sobre dentes naturais;


Próteses fixas sobre implantes - quando são suportadas de forma totalmente fixa por implantes dentários.

Neste tipo de prótese dentária incluem-se as facetas dentárias (que são aplicadas sobre dentes naturais), as coroas unitárias (para substituir um único dente, sobre implantes ou sobre dentes), pontes (para substituir um conjunto de dentes, sobre implantes ou sobre dentes), e ainda as próteses híbridas (que substituem uma arcada total e são normalmente aplicadas sobre oito, seis ou quatro implantes).


 

Sabia que...? 

Além dos problemas de adaptação e desconforto relatados pelos Pacientes, as próteses removíveis promovem ainda um problema que tem vindo a tornar-se cada vez mais comum: o fenómeno de reabsorção óssea. Entenda a questão neste artigo sobre a prótese removível.

 

Prótese dentária fixa


Atualmente, a prótese fixa é o tipo de prótese dentária mais recomendado pelos Médicos Dentistas. Não só pelo conforto que asseguram, - os Pacientes podem rir, falar e mastigar com total confiança, tal como se usassem os seus dentes naturais - como pelos benefícios que representam para a Saúde Oral como um todo.


Se tem falta de dentes e quer recuperar a sua qualidade de vida, saiba que no Instituto Just-Smile encontrará equipas médicas com mais de uma década de experiência e que trabalham exclusivamente com próteses fixas.


Marque uma consulta de avaliação médica completa, sem qualquer compromisso. E perceba como a dedicação exclusiva a tratamentos de Implantologia Avançada pode fazer toda a diferença no Sorriso que sempre desejou.

Comentários


bottom of page